INVESTIR EM AÇÕES

 

As ações são parte do capital social da empresa, que pode ser detida por diversos acionistas que procuram o lucro máximo e os seus rendimentos: os DIVIDENDOS que são uma parte do lucro distribuído ao longo do tempo aos detentores das ações.

A melhor altura para COMPRAR AÇÕES é em época de recessão económica (vulgo crise), onde o preço por ação está mais baixo, e acreditando no VALOR DA EMPRESA que terá tendência de crescimento económico aquando da RETOMA DA ECONOMIA.

ANÁLISE TÉCNICA DAS AÇÕES: ao longo do último século estudiosos estudaram o comportamento matemático e gráfico das ações, procurando tendências e repetições que se costumam verificar no mercado bolsista.

ANÁLISE FUNDAMENTALISTA: Toma atenção à economia da empresa usando indicadores como o PER – price earning ratio e o dividend yield e outros para orientar o investidor se deve comprar, manter ou vender as ações.

O melhor sítio para fazer a análise da bolsa de valores portuguesa é o Jornal de Negócios, com várias opções de ordenamento dos indicadores.

Comece devagar, vá ganhando experiência, cometa erros e aprenda com eles. Está provado que as ações no longo prazo são as que oferecem a maior rentabilidade.

Vi e ouvi um vídeo que indica que devemos calcular cada ação em que os custos de corretagem devem representar 1% do valor a investir em cada uma. Em Portugal se o custo é de 8€ devemos investir no mínimo 800€ em cada ativo. Se tem um capital pequeno esqueça as ações, não venda os seus fundos de investimento ou depósitos a prazo para jogar na bolsa, mesmo os especialistas só ganham 60% a 70% dos ativos em bolsa e são “traders” – passam o dia a dia a analisar ativos- ou seja perdem em 40% a 30% no nº de ativos que transacionam.

Se tem capital para investimento em ações, há uma maneira não comprovada, de 6 em 6 meses (anote no calendário): de comprar barato e vender caro:

  1. De 6 em 6 meses Venda os ativos que subiram (usando o jstock que lhe apresenta quanto ganhou ou perdeu), e compre mais valor das ações que desceram.
  2. Download ficheiro para ajudar na compra de ações.

Como estou sempre a dizer se é mais novo de idade pode arriscar mais: tem muito tempo, se é mais velho arrisque menos: pode construir a sua carteira para viver de dividendos não olhando o sobe e desce das ações mas sim o valor que elas representam.

Para finalizar deve organizar o seu dinheiro para:

  1. Constituir um fundo de reserva de pelo menos 6 meses de salário para uma situação de desemprego, doença ou outra.
  2. Em qualquer idade planear a sua reforma eu recomendo os fundos de investimento do seu banco.
  3. A última parte do seu dinheiro para investimento: que poderão ser ativos em bolsa de valores.

Confira o meu video e táctica para ganhar dinheiro em Bolsa:

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

RSS
Follow by Email